5a edição de Dungeons & Dragons em português chega em setembro

Para compartilhar informações com fãs, a editora lançou um site exclusivo.

Envolvida em um mundo de controvérsias, há poucos anos, com direito a atitudes que pouco remontam ao heroísmo dos Paladinos, a 5a edição do clássico RPG Dungeons & Dragons finalmente chegará em português no Brasil, no próximo dia 30 de setembro.

O D&D, jogo de interpretação de papéis mais famoso do mundo, licenciado e produzido atualmente pela editora Gale Force Nine, está em fase de finalização e será distribuído no Brasil pela Galápagos Jogos.

A quinta versão do jogo de fantasia medieval tem a missão de mostrar ao público brasileiro que os equívocos com as versões anteriores com regras e equilíbrio geral de suas diretrizes de jogo estão menores nesta edição. Os livros parecem sugerir uma condução narrativa menos pautada por instruções normativas para o jogo, favorecendo mais a improvisação de mestres e jogadores durante as aventuras.

Basicamente, o apelo do projeto se volta não aos jogadores da versão diretamente anterior, de regras mais complexas, mas apresenta-se como uma proposta mais próxima das edições pré-3 e 3.5, de forma mais simplista, com um conjunto de mecânicas unificadas e, exatamente por isso, com uma jogabilidade mais suave e, talvez, mais atraente aos novos públicos.

Apenas como parâmetro para quem tem menos vivência com as linhas anteriores de apresentação do jogo, vale saber que a versão 4E apresentava certa complexidade entrelaçada para a construção de personagens e regras mais voltadas ao combate tático, entre outros recursos. Agora, entram ação e improviso e saem as tabelas de conversão e cálculos mais difíceis.

A Galápagos, em uma inteligente ação de marketing, criou um canal exclusivo para compartilhar informações sobre o lançamento diretamente com fãs e entusiastas do RPG: A Taverna da Iguana Negra.

Basta se cadastrar no site e acessar as promoções, surpresas e detalhes sobre o novo D&D, traduzido o para os saudosos aventureiros nacionais.

Sem comentários

Postar um comentário