Brazil Games participa da Gamescom 2019 com uma delegação de 21 empresas, de 20 a 22 de agosto

Texto aqui enquanto o Drops de Jogos segue em reforma.

Recebemos a seguinte informação:

O Projeto de Exportação Brazil Games estará presente na Gamescom, o maior evento de games da Europa, pela terceira vez consecutiva com o objetivo de gerar novas oportunidades de negócios com players europeus. O Brazil Games, uma parceria da Associação Brasileira das Empresas Desenvolvedoras de Jogos Digitais (Abragames), com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), reuniu 21 empresas inovadoras para representar a criatividade e a capacidade técnica do país no desenvolvimento de jogos próprios e serviços, tais como: programação, arte 2D e 3D, VR, live ops, áudio, game design, além de marketing e relações públicas.

A Gamescom acontece em Colônia, na Alemanha, e a área B2B, em que o stand do Brazil Games estará, funcionará de 20 a 22 de agosto. Em 2018 o evento reuniu 350 mil pessoas. Este ano, farão parte da delegação brasileira empresas desenvolvedoras de outsourcing que já atuam internacionalmente, como o estúdio Kokku, conhecido principalmente por seu trabalho em “Horizon Zero Dawn” (Modelagem 3D) e “Sniper Ghost Warrior III”, e Puga Studios, que fornece serviços de terceirização de arte e UI / UX de alta qualidade. Também está representado este ano o estúdio Gazeus Games, que desenvolve jogos casuais e sociais, principalmente para dispositivos móveis, que contam com mais de 7 milhões de usuários mensais. 

Além disso, o Brazil Games também traz estúdios apresentando suas IP’s próprias, incluindo os jogos “Dandy Ace” da Mad Mimic Interactive, estúdio premiado por seu jogo “No Heroes Here”; “Heavy Metal Machines” da Hoplon,jogo eleito The Best New Moba 2018 pela MMOHuts; e “Dolmen” da Massive Work, único representante brasileiro presente no Indie Arena Booth, área dedicada aos games independentes no evento.
Segundo Sandro Manfredini, presidente da Abragames, “estamos extremamente felizes em apoiar internacionalmente o talento de nossas empresas e criar relacionamentos fortes e duradouros com a comunidade de jogos do mundo. São apenas dois meses depois do BIG Festival no Brasil, portanto a Gamescom é o momento perfeito para conectar a indústria brasileira com o mundo”.
Dentro da indústria criativa brasileira, o setor de games é um dos mais promissores.  O Brasil é um dos países que mais cresce no setor e está, gradualmente, avançando em um papel ainda mais relevante no cenário global. Em 2018, o país era o 13º maior mercado do mundo, com uma base de jogadores de mais de 75 milhões (o terceiro do mundo). Com 375 empresas de desenvolvedores de jogos digitais, crescendo 28% em um ano, segundo o II Censo da Indústria de Jogos Digitais. Enquanto o mercado mundial crescerá em torno de 7% ao ano (2017 a 2021), o mercado brasileiro espera crescer 16% ao ano, chegando a 1,25 bilhão de euros até 2021 (fonte PWC, 2017b).
A lista completa das empresas brasileiras representadas durante a Gamescom 2019 pode ser encontrada aqui. Confira o reel das empresas aqui
PONTO DE ENCONTRO: GAMESCOM 2019 – HALL 3.2 – BOOTH F059 
Sobre o Brazil Games:
O Projeto Setorial de Exportação Brazil Games é um programa sem fins lucrativos, criado pela Abragames (Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos) em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), com o objetivo de fortalecer a indústria brasileira de jogos digitais, capacitando e criando novas oportunidades de negócios para as empresas brasileiras no mercado internacional.
http://www.brazilgames.org/
Sem comentários

Postar um comentário