Nerds e Empoderadas: Conheça Kindred, ficção científica sociológica da autora negra Octavia Butler – Por Juh Oliveira

No programa Live PopGeeks dessa semana, a apresentadora Juh Oliveira trouxe uma nova edição do quadro “Nerds e Empoderadas”, que incluiu o bônus de tratar exclusivamente de mulheres nerds, negras e donas do seu nariz.

Na conversa, além de comentar sobre o trabalho musical da rapper Drik Barbosa e dos vídeos com dicas bibliográficas das gêmeas Helena e Eduarda Ferreira, da favela do Morro da Providência, no Rio de Janeiro, conhecidas como as Pretinhas Leitoras, a Professora Juh resgatou a importante obra literária Kindred, lançada em 1979 pela “Grande dama da ficção científica” (nas palavras da apresentadora): a escritora norte-americana Octavia Butler.

Em linhas gerais, como descreveu Juh no programa, “Dana, uma jovem escritora negra que vive na Califórnia nos anos 70, se vê súbita e inexplicavelmente transportada para uma fazenda escravista no Sul dos Estados Unidos, um pouco antes da Guerra da Secessão, ou seja, o sistema escravista”.

No bate papo, Juh salienta a importância da obra que lança luz à presença da população negra como personagens não caricatos e protagonistas da narrativa. “Muitas vezes, na ficção científica, a pessoa negra é representada como se fosse esse ‘ET’, esse ‘de outro lugar'”, ponderou.

“Pra gente ter essa noção de que a ficção científica [em geral] vai ter um recorte racializado, sim, porque o que é medo ou procupação para uma pessoa branca, não vai ser o mesmo medo e horror para alguém que é negra e que volta para esse período de escravidão e de sofrimento”, define, buscando conscientizar o leitor sobre esse apartheid existente também nas obras ficcionais. “O objetivo da Octavia Butler é fomentar a liberdade”, destacou, no durante a apresentação do tema.

“As questões que aconteceram no passado e que ainda acontecem para as pessoas negras, ou para qualquer outra minoria, que teme pela sua vida ao sair diariamente para a rua, é algo que está aqui, que está acontecendo”, enfatizou, como forma de identificar a necessidade de debater essa situação ainda tão atual e preocupante.

O livro, apresentado na forma de um relato em primeira pessoa de uma jovem escritora afro-americana Dana, vendeu mais de 450 mil cópias e continua disponível a preços inferiores a R$ 30 nas livrarias online.

Para assistir ao programa, gravado na Rádio Geek com os apresentadores Juh Oliveira e Kao Tokio, basta acessar o vídeo na página da rádio no Facebook.

Sem comentários

Postar um comentário