Questfinder: Promessa para acabar com a pior jornada do RPG – Por Rodrigo Grego

Aplicativo está em fase Beta para sistema Android e em campanha coletiva para uma versão em iOS.

Todos sabemos como o RPG de mesa é uma cultura pequena e descentralizada, às vezes nobres/profanos aventureiros devem migrar por quilômetros e quilômetros atrás de uma mesa “presencial”. Um tanto frustrante e incerto, grande problema para muitos jogadores, principalmente em cidades pequenas e fora das grandes metrópoles.

Pensando nisso, uma party muito especial – magos da tecnologia – decidiram criar uma solução para a jornada mais frustrante dos rpgistas: encontrar uma mesa presencial para desbravar por anos.

Para tanto, esse grupo iniciou desenvolvimento do aplicativo QuestFinder. Jornada que começou em 2017 e atualmente já vem sendo cantada pelos bardos de todo o reino.

Questfinder é um projeto em fase Beta que auxilia os jogadores de RPG a se agruparem. Ou seja, jogadores que estão atrás de mesa presencial podem localizá-las com o app e mestres que precisam reforçar suas fileiras de aventureiros podem marcar ou geolocalizar sua mesa com ofertas de vagas.

O aplicativo foi aberto ao público em 30 de agosto com a seguinte descrição oficial:

“Com o QuestFinder você poderá através de geolocalização, encontrar mesas e locais próximos abertos para jogar RPG, card games e board games.”

Além do aplicativo ajudar no “Chamado às armas”, a página do projeto pontua outras vantagens a serem implementadas:

– Descubra lugares públicos para jogar e assistir seus jogos favoritos.

– Utilize o Questfinder para organizar suas mesas, mantendo fichas e outras novidades da mesa.

– Descubra onde você encontra material de qualidade para comprar seus itens.

– Loja Especializada tornar-se ponto oficial do Questfinder, ajude a comunidade e aumente suas vendas por consequência.

– Converse com seus jogadores e produza provas de quando a galera se atrasa pra sessão.

O aplicativo atualmente está em fase beta com acesso liberado para dispositivos Android. Para baixar clique nesse link.

A versão para iOS até o momento está sob uma campanha de financiamento no Padrim e quem quiser apoiar a campanha, pode acessar a página do projeto.

Claro, como todo bom player gosta de multiclasse, a equipe nos informou que pensa em implementar futuramente uma versão para desktop e navegador.

A mesa desse humilde redator já está registrada no Questfinder e quem quiser participar da campanha “Bola de fogo e gritaria” basta nos encontrar por lá.

Rodrigo Grego é cientista político de formação, ludologista e Game Designer em formação.
Mestra RPG desde os 13 anos (AD&D 2e), e Game Designer na Xondaro. Atua como jornalista de games, focando sempre nos indies, principalmente nos brasileiros.

Sem comentários

Postar um comentário