Série mostra que fechamento do estúdio Vera Cruz levou à criação da Embrafilme

Produção é assinada pelo cineasta Ugo Giorgetti.

A minissérie O Cinema Sonhado, já disponível online, é um resgate bem vindo do cinema paulistano e partir dos anos 1960 a 1990.

A produção, assinada pelo cineasta Ugo Giorgetti, apresenta a mudança significativa no mercado cinematográfico e publicitário nesse período, com o ingresso de profissionais oriundos do estúdio Vera Cruz, que encerrou suas atividades em 1954.

No mesmo período, graduavam-se os primeiros alunos do curso de cinema da ECA, Escola de de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo.

Dividida em quatro episódios, a série narra o período de desemprego de muitos cineastas pelas ruas do tradicional bairro paulistano do Bixiga, a criação da produtora Blimp Film, que levou a estética cinematográfica para a publicidade brasileira, resgata as primeiras produções realizadas pelos alunos da ECA-USP e analisa o surgimento das produtoras de vídeo na zona oeste da cidade, entre as décadas de 1980 e 1990, no bairro da Vila Madalena.

Entre os destaques, a produção esclarece como, por meio do movimento cinematográfico paulistano pós-Vera Cruz, a política cultural da época da ditadura militar encamparia a criação da Embrafilme.

A telessérie pode ser assistida pelo canal 128 da Oi Tv e diretamente na rede, através do site do SescTV.

Sem comentários

Postar um comentário